Uma Lua de Mel cheia de desastres

Stefan e Erika Svanstrom, de Estocolmo (Suécia), resolveram curtir uma longa lua de mel: quatro meses viajando pela Ásia e pela Oceania. Só não estava nos planos que eles teriam que passar por seis desastres naturais durante a viagem. Mas eles sobreviveram!

Vamos aos “desafios” dos recém-casados, que viajaram com a filha, de 4 meses, segundo relato do “Sydney Morning Herald”:

1) A lua de mel começou com uma das piores nevascas da história da Europa, e Stefan, Erika e o bebê ficaram retidos no aeroporto de Munique (Alemanha).

2) Depois da longa espera para embarcar, o casal foi para Cairns (Austrália). Lá, eles se depararam com um ciclone.

3) Em Brisbane (ainda Austrália), os suecos enfrentaram uma terrível enchente, que provocou dezenas de mortes. Tiveram que passar 24 horas isolados em um shopping juntamente com outras 2.500 pessoas.

4) Já em Perth (também na terra dos cangurus), escaparam por pouco de um grande incêndio florestal.

5) Chega de Austrália! E lá foi a família Svanstrom para a Nova Zelândia. Mas nada mudou: tiveram que passar por um terremoto de 6,3 graus em Christchurch. “A cidade parecia zona de guerra”, relembra Erika.

6) Bom, mas então veio o Japão. Ihhhh… Japão!? Sim, eles estavam lá quando o país foi atingido pelo terremoto de 9 graus, um dos mais fortes já registrados na História.

Você aceitaria um convite de viajar junto com eles?

Fonte

3 opiniões sobre “Uma Lua de Mel cheia de desastres”

  1. esse sao o que se deve chamar mao de pantano deve ser que eles é que dao azar pois basta estrem em qualquer local que da bum… esse casal nao quero amigos assim.

  2. Oi,

    meu nome é Felipe e gostaria de usar a postagem da Lua de Mel Cheia de desastres para colocar em meu blog. Gostaria de dizer que não farei Control C Control V, apenas usrei a mesma informação. Mas para isso gostaria de pedir sua autorizasão. Lembrando que se você autorizar, botarei a fonte de onde tirei a postagem. Me envie a resposta por e-mail.
    Gostei muito de seu blog. Você está de parabens!

Os comentários estão encerrados.